Outra Vez Amor

Era uma linda tarde de inverno, seus longos cabelos balançavam ao vento, como quem dança ao som de uma melodia. De longe ele a observav...


Era uma linda tarde de inverno, seus longos cabelos balançavam ao vento, como quem dança ao som de uma melodia. De longe ele a observava com um largo sorriso no rosto. Ela ainda estava ali, esperando por ele, depois de tanto tempo. Não foi possível descrever o quão feliz seu coração ficou ao perceber que aquela que ele amava tanto, ainda o amava. Ainda o queria. 

Perdeu o controle sobre seus pés. Eles iam cada vez mais rápido em direção a ela. A neve que dificultava a caminhada parecia não existir, dada tamanha ansiedade em abraça-la mais uma vez. Quando a viu, ali, a menos de um metro de distância, não aguentou. Gritou seu nome, como quem libera algo preso na garganta. Ao ouvir-lo chamar, ela virou e veio correndo em sua direção. Quem os observava no parque, sabia. Eles sabiam. Nunca foram tão completos como naquela hora, em que seus corações acelerados sob seus casacos, se tocaram. Encaixaram como se fossem feitos para ficarem assim, sempre perto um do outro. E no fundo, eles eram.

Tantas palavras não ditas, tantos beijos não dados, tantas magoas que ficaram. Nada foi lembrado. Seis anos depois daquele trágico verão, onde tudo fez-se fim e o amor deu lugar a tristeza, e solidão. Arrependimento e ódio não cabiam mais. Eles estavam dispostos a recomeçar. Não importava mais os motivos que os separam, afinal a dor da distância era maior do que qualquer outra coisa. Era bom poder sentir aquele perfume novamente. Um dava sentido na vida do outro.

Após longos minutos ali, apenas abraçados, em silêncio, guardando cada pequeno detalhe na memoria. O vento que balançava os cabelos, agora agitava as folhas das árvores, que caiam como confetes sobre suas cabeças. O Sol já se punha no horizonte. E não haviam mais duvidas, de que ali estavam duas pessoas que finalmente tinham encontrado sua alma gêmea. Sua metade da laranja. Seu final feliz. O true love dos tão famosos contos de fadas. 

Eles estavam dispostos a lutar. Dispostos a se amar cada dia mais!

LEIA TAMBÉM!

8 comentários

  1. Que crônica maravilhosaa ! Eu senti o abraço do final <3

    ResponderExcluir
  2. Quase chorei no final, por que é uma crônica muito linda. Pela primeira vez eu leio algo tão sentimental em qualquer blog. Realmente flor, você se superou! Parabéns!

    Blog:http://www.estranhassensacoes.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, fico muuuuito feliz em ler esse tipo de comentário, sério você não tem noção! Obrigada mesmo, de coração ❤❤❤❤

      Excluir
  3. Adorei essa crônica! as vezes escrevo umas assim e até sinto falta, mas a inspiração me deixou faz um tempinho rsrs Continua a escrever textos assim porque adorei! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Camis, amo escrever e comentários assim só me dão mais força ❤

      Excluir
  4. Aii, que lindo, Liz! Tudo, o seu blog, a crônica, a foto, a sensibilidade. ❤ Amor demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwn, genten me abraça ❤❤ Obrigada, de verdade

      Excluir