De todos os babacas que já conheci #1

Acho que gosto desse nosso "indefinido"... Gosto quando você me faz cócegas só porque sabe que eu irei me matar de rir, e ass...


Acho que gosto desse nosso "indefinido"... Gosto quando você me faz cócegas só porque sabe que eu irei me matar de rir, e assim você terá a oportunidade de me agarrar. Gosto quando você passa seu braço sobre meus ombros quando estamos caminhando na rua e alguém me olha, e você usa a desculpa de que "vão achar que te achei na rua" só porque estou com uma blusa sua e um moletom velho. Gosto quando você faz birra poque eu paguei os sorvetes e diz que o lanche será por sua conta. Gosto quando você me faz subir as escadas do meu prédio porque você tem medo de usar o elevador. Gosto quando você fica bravo quando eu falo do cara que conheci na noite passada. E quando você me mostra as mensagens de várias garotas dando em cima de você só para dar o troco. 

Adoro sua voz de sono no meu ouvindo pedindo para eu levantar porque teu braço está dormente. Ou quando você me abraça forte quando a gente se reencontra. Gosto quando nossos pais e amigos dizem que nós combinamos. Gosto dessa sintonia que nós conquistamos tão depressa. Gosto de poder te xingar e depois aparecer na sua casa para jantar. Gosto de poder palpitar nos seus relacionamentos e falar mal das suas ficantes só porque estou com ciumes. Gosto como você fica sem graça quando te elogio. Gosto de poder te zoar por ter uma foto da Sandy colada no seu guarda-roupas. Gosto quando falo que te odeio e você responde com um "e eu te amo". Gosto do jeito que você me entende e principalmente de como você me faz sentir sobre o nosso "nós". 

Esse texto faz parte de uma série de textos escritos por Liz Vilas Boas, sobre todos os babacas que já conheci... Afinal, todo mundo já conheceu pelo menos um babaca (alguns bons e outros nem tanto). 

LEIA TAMBÉM!

2 comentários